Principal norma jurídica do município, a Lei Orgânica de Itabuna será atualizada. A revisão da LOMI deve movimentar toda a sociedade itabunense. Hoje, 12, o presidente do Legislativo, Ricardo Xavier, conversou com Carlos Leahy, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna – CDL, Eduardo Carqueja Júnior, vice da Associação Comercial e Empresarial – ACI, e Mauro Ribeiro, proprietário das Lojas Buriti.

Ricardo Xavier informou aos empresários que a modernização da LOMI é um compromisso da atual Mesa Diretora. Ele recordou que em maio deste ano a Casa contratou uma assessoria jurídica especializada para a reforma da Lei Orgânica. “E agora em setembro formamos a Comissão Especial de Estudo formada por seis vereadores”, acrescentou.

Vale lembrar que tanto instituições públicas quanto entidades privadas que tenham interesse no assunto, poderão colaborar com os trabalhos da Comissão Especial na condição de membros credenciados, sem direito a voto. Queremos envolver toda a sociedade civil organizada e estamos criando todos mecanismos para isso que ocorra”, salientou o presidente da Câmara de Itabuna.

Integram a Comissão: Júnior Brandão, Enderson Guinho, Beto Dourado, Jairo Araújo, Charliane Sousa e Robinho. O colegiado terá quatro meses para apresentar seu relatório à Mesa Diretora. Esse prazo poderá ser prorrogado a pedido da maioria absoluta dos membros da Comissão Especial, com aval da maioria simples do Plenário.

Para ouvir a população, a Câmara vai promover quatro audiências públicas. Uma delas será realizada no auditório da Associação Comercial, a pedido da entidade. A Comissão ainda planeja criar espaços de participação via internet. “A intenção é que todos tenham condição de opinar, interagir conosco”, ressaltou Júnior Brandão, que preside a Comissão Especial.

Na foto o advogado Fabrício Zanotelli, Eduardo Carqueja Júnior, Ricardo Xavier, Carlos Leahy e Mauro Ribeiro.

A 1ª edição do evento acontece no dia 17 de outubro, em Itabuna, com temáticas voltadas para mulheres empreendedoras

 

Histórias de vida e experiências profissionais de mulheres, que transformaram seus sonhos em realidade, alinhadas às palestras de estímulo ao comportamento empreendedor estarão em evidência no I Fórum da Bahia Mulheres Empreendedoras, que vai acontecer no dia 17 de outubro, das 14 às 21h30, no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna.

O evento é uma realização do Movimento Empreender Bahia, destinado ao público alvo de mulheres empreendedoras, empresárias, autônomas das mais diversas áreas, estudantes e demais interessadas. As inscrições já estão sendo feitas no site https://forumempreendedorasbahia.com.br/. Mais informações pelo telefone: (73) 3613-1171 ou através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou no instagran: @forummulheresba

De acordo com a coordenadora do evento, a advogada e administradora de empresas, Wandressa Souza, o Fórum será um momento para trocar experiências, conhecer novas perspectivas através de origens e trajetórias diferentes, “além de poder estabelecer laços, onde possam reconhecer seus avanços e renovar suas energias para continuar a avançar”.

Na programação já estão confirmadas a presença da publicitária, coach, consultora de imagem e estilo, Aiala Lago, que estará abordando o tema: Imagem e Marca Pessoal. Em seguida, a contadora e bancária Leilane Benevides vai apresentar o case de sucesso da Benevides – Chocolates Finos e a diretora de Desenvolvimento do Grupo Brasileiro de Transporte Rodoviário, Elaine Carletto destacará o papel da Mulher Empreendedora do século XXI.

A primeira palestra da noite será com a artesão profissional, Thalita Ortega, que vai falar sobre a importância das Mulheres no Empreendedorismo Criativo. Em seguida, o sócio fundador da Terceira Via Hall, Franklin Bastos vai abordar sobre os perfis comportamentais. O evento encerra com a palestra da fundadora do Instituto Rede Mulher Empreendedora, Ana Fontes, com o tema Atitude Empreendedora.

__________________

Texto: Viviane Cabral

MTE: 4381 / BA

 

Programação

13:30-14:00 - Credenciamento

14:00-14:30 - Abertura

14:30-15:20 - Palestra Imagem e Marca Pessoal - Aiala Lago

15:25-16:15 - Case de sucesso -Leilane Benevides-Benevides Chocolates Finos

16:20: 17:10 - Palestra o Papel da Mulher Empreendedora no Século XXI Elaine Carletto - Rota Transportes

17:15-18:55 – INTERVALO

19:00-19:15 - Abertura

19:15-19:45 - A Importância das Mulheres no Empreendedorismo Criativo - Thalita Ortega - Criadora do Bebê em feltro

19:45-20:35 - Perfis Comportamentais - Franklin Bastos - Terceira Via Formaturas

20:40-21:30 - Atitude Empreendedora - Ana Fontes- Instituto Rede Mulher Empreendedora

 

Aiala Lago

Ana Fontes

Elaine Carletto

Franklin Bastos

Leilane Benevides

Thalita Ortega

Com a proposta de oferecer orientação técnica e profissional para os associados da ACI e participantes do programa Empreender, o professor de Mestrado da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Alfredo Did apresentou uma proposta para melhoria organizacional das empresas, durante a Reunião Ordinária da entidade, nesta segunda-feira, 2.

A iniciativa visa a execução do programa "Adote um Empresa", através de um projeto de extensão, no qual um aluno da universidade ficará responsável por uma determinada empresa e trabalhará com diagnóstico empresarial, planejamento estratégico, sistema de finanças, melhoria contínua na qualidades dos serviços e produtos, dentre outras ações, com a supervisão de professores da Uesc.

“A ideia inicial é identificar os problemas e montar um planejamento estratégico para levantar um diagnóstico e otimizar questões técnicas. Inicialmente, irei participar de uma reunião em conjunto com os participantes dos núcleos, para depois identificar as demandas individuais”, destacou Alfredo, que atua no departamento de Ciências Administrativas e Contábeis, no Colegiado de Administração Financeira, e nos Mestrados de Educação Matemática e de Inovação e Tecnologia.

Para o presidente da ACI, Sérgio Velanes, a parceria será de grande importância para o desenvolvimento das empresas, em especial das micro e pequenas. “É sem dúvida um grande passo que estamos dando na ACI. Os empresários terão a oportunidade de receber uma consultoria especializada e melhorar a gestão dos negócios e consequentemente a melhoria da arrecadação financeira”, concluiu.

 

Durante a 1ª Reunião Ordinária do biênio 2019/2021 da ACI, nesta segunda-feira, 19, o advogado tributarista Harrison Leite apresentou aos empresários, alguns detalhes sobre Reforma Tributária que está sendo posta pelo Governo Federal, relacionada a unificação dos impostos sobre serviços e bens de consumo. Segundo o especialista, a tendência da mudança visa oferecer “mais transparência e isonomia ao sistema tributário brasileiro”.

Segundo Harrison, o atual sistema tributário é altamente regressivo, ou seja, aumenta conforme o consumo, no qual a incidência de tributos gira em torno de 50% sobre os bens de consumo. Nesse contexto, a reforma da Pec 45 propõe nivelar os impostos sobre comércio e serviço, para compor uma alíquota única para os dois segmentos.

“A reforma visa trazer uma transparência maior para que mais tributos sejam alcançados pelo setor pagamento e nivelar a tributação para que todos acabem pagando. Para aquele que está em programa social, o tributo que estiver sendo pago dentro do produto ou mercadoria, vai ser devolvido através de um sistema de compensação”.

Para o público de empresários, contadores e advogados, o especialista em direito tributário chamou a atenção sobre a importância das pessoas estarem atentas à essas mudanças que definem as estratégias da empresa, a carga tributária, o custo operacional e fiscal da empresa. “Todo empresário precisa se atentar, se antenar e procurar saber no que a reforma tributária impactará sua vida, pois no final ela diz respeito a todos nós”.

Entre os participantes, o advogado Fabrício Zanotelli aprovou a iniciativa da ACI, e destacou que a palestra “contribuiu para informar sobre os tributos previstos na reforma tributária e para confirmar que não é nada fácil para quem paga imposto nesse país”. Já o presidente da ACI, Sérgio Velanes parabenizou Harrison pelos esclarecimentos acerca das mudanças que irão ocorrer a partir da aprovação da reforma tributária. “O conteúdo foi bastante esclarecedor diante de um tema tão atual e importantíssimo para a classe empresarial de Itabuna”.

O advogado Harrison Leite falou sobre Reforma Tributária na ACI

 

Na última sexta-feira (16), aconteceu no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI o encerramento do curso de panificação básica para os participantes do Programa Empreender promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI, em parceria com a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Itabuna.

Com uma mesa farta e saborosa, provando o sucesso do curso, o evento reuniu os alunos, direção da entidade, empresários do ramo de padaria e representantes da prefeitura do município. “Essa capacitação é muito importante para os participantes e também para o município, pois é mão-de-obra profissional que está saindo para mercado. E também a possibilidade de novos empreendedores para o desenvolvimento comercial. Então essa parceria da secretaria com o SENAI e ACI é muito proveitosa e bastante exitosa”, pontuou a secretária municipal de Assistência Social, Sandra Neilma. 

Para o vice-presidente do Conselho Diretor da ACI, Luiz Orleans Mendonça, a finalização do curso deixa o sentimento de dever cumprido e um estímulo para que os participantes possam estar sempre em busca de desenvolvimento. “É a sensação de dever cumprido, e o mais importante é que eles continuem em busca de conhecimento e crescimento profissional, pois certamente isso será um diferencial para cada um deles”, pontuou.

 

Atuação

O programa Empreender está sendo desenvolvido pela ACI e dividido em quatro núcleos, sendo: salão de beleza, panificação, jovens empreendedores e mulheres empreendedoras. Os encontros são realizados na sede da ACI nas segundas, terças e quintas.

“O Empreender tem surpreendido e conquistado muitos benefícios no âmbito da coletividade. Além de encontrar soluções para os problemas em comum do participantes, está sendo um horizonte para quem estava “perdido” no setor, pois através da coletividade eles estão conseguindo, inclusive preços melhores para a matéria prima”, concluiu o consultor do programa, Valdemir Silva.

 

__________

Texto: Nancy Macedo

 

O evento será aberto ao público e vai acontecer no dia 27, das 8 às 17 horas, no Teatro Candinha Dórea

 

Durante uma reunião nesta quinta-feira, 15, na sede da Associação Comercial, em Itabuna, com o titular da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, os representantes de entidades itabunenses manifestaram apoio a realização do Salão do Empreendedorismo que vai acontecer dia 27 desse mês, em Itabuna, no Teatro Candinha Dórea. O evento é uma realização do Governo do Estado, por meio da Setre e a parceria da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

A iniciativa visa promover ações de qualificação e micro crédito aos empreendedores de Itabuna e região. Para isso, Davidson destacou a importância de articulação com as instituições que desenvolvem ações junto ao empreendedor. “Será uma oportunidade para que instituições, prefeituras e empreendedores tenham acesso a essas políticas, pois muita gente não sabe que tem políticas de qualificação disponibilizados pelo próprio Governo do Estado para empreendedores”.

O vice-presidente da ACI, Carqueija Júnior apoiou a ideia com a proposta de unir forças, somando às ações que a entidade já está desenvolvendo, de fomento ao empreendedorismo e de orientação aos micro e pequenos empreendedores, através do Programa Empreender. O programa já conta com a participação de empresários nos núcleos de padarias, mulheres empreendedoras e jovens empreendedores.

Da mesma forma, o presidente da Associação de Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano - Amurc, Aurelino Cunha, parabenizou a iniciativa da Setre, de envolver diversas instituições em prol do desenvolvimento no âmbito regional. O secretário executivo da entidade, Luciano Veiga, destacou o projeto de criação de um observatório de políticas públicas e um núcleo de criação de projetos com o objetivo de potencializar as ações em cada município.

Dentre as sugestões, o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima sugeriu a oportunidade de centralizar uma agenda de eventos e serviços das entidades, para as pessoas se capacitarem e montar o próprio negócio. Ao mesmo tempo, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL de Itabuna, Carlos Leahy ressaltou a importância de realizar uma reunião mensal com o envolvimento de todas as entidades e ter um espaço para que o empreendedor possa sair do local com todas as informações.

O encontro ainda reuniu representantes da ACI, do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna (Sindicom), do Movimento Empresarial do Sul da Bahia (Mesb), do Fórum Empresarial do Sul da Bahia e da Associação das Micros, Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais do Estado da Bahia (Ampesba).

Programação

O Salão do Empreendedorismo é aberto ao público e acontece das 8 às 17 horas, com relatos de experiências de sucesso; debates sobre gestão, tendências de mercado e oportunidade de negócios; mesa de diálogo com jovens empreendedores da área de Tecnologia da Informação; desafio de soluções inovadoras para a cadeia produtiva do chocolate; e apresentação de iniciativas como o CrediBahia, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), o programa Qualifica Bahia, o Contrate.BA e a Rede SineBahia.

 


___________

 

Texto: Viviane Cabral

Durante uma reunião com empresários na sede da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI, nesta terça-feira, 13, a atriz Eva Lima, acompanhada do diretor de teatro, Marco Nó e jovens da oficina de teatro do espaço Zélia Lessa apresentaram a realidade da produção artístico-cultura na cidade, que sofre com a falta de investimentos financeiros.

Durante a fala, os representantes da cultura local lamentaram a falta de manutenção do espaço Zélia Lessa, que compromete a realização das oficinas gratuitas de teatro, tão elogiadas pelos jovens atores. Dentre os benefícios relatados pelo grupo, todos foram unânimes ao classificar a arte como um instrumento de transformação e inclusão social.

A partir dos relatos, o presidente da ACI, Sérgio Velanes, juntamente com o empresário José Raimundo, destacaram a importância da reunião para entender o cenário artístico cultural cidade e buscar uma solução para fomentar essa prática com o apoio empresarial. O próximo passo, segundo os empresários, é conhecer as instalações do teatro Zélia Lessa e verificar possíveis parcerias para ajudar na recuperação do equipamento local.

Importância

Ao longo da reunião, o vice-presidente Carqueija Júnior ressaltou a importância histórica da ACI, que precede e até mesmo se confunde com a própria luta pela emancipação da cidade, que ocorreu em 28 de julho de 1910.

Aos 111 anos de fundação, completados no mês de junho de 2019, a entidade sempre atuou em defesa do Associativismo, pois entende que a participação dos empresários é fundamental para a resolução de demandas que influencia no funcionamento do comércio, da indústria e do setor de serviços.

O mercado de e-commerce está em constante crescimento. Interessados em ingressar no mercado, podem participar do ciclo de palestras gratuitas, que será promovido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, no dia 22 de agosto no Itabuna Palace HotelAcompanhando o novo perfil de consumidores, que cada vez mais realizam suas compras online, o mercado de e-commerce registra o faturamento de R$ 28,1 milhões, no primeiro semestre de 2019, em Itabuna (BA). Ao avaliar todo o estado baiano, o valor total é ainda mais surpreendente: R$ 1,3 bilhão, é o que revela o estudo do movimento Compre&Confie em parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net).

Para capacitar empreendedores, pessoas que buscam novas oportunidades no mercado, quem tem interesse em ampliar a renda, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) realizará, no dia 22 de agosto, um ciclo de palestras gratuitas sobre comércio eletrônico, no Itabuna Palace Hotel. 

“A nossa missão é promover o conhecimento. Ensinamos aos participantes todo o processo de como abrir, operar e divulgar uma loja virtual, com palestras sobre como planejar uma loja virtual de sucesso, logística, meios de pagamento na internet, marketplace, marketing digital e vendas online”, afirma Felipe Brandão, Secretário Executivo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico.

Somado ao conteúdo teórico, quem estiver presente no Ciclo MPE, como é chamada a iniciativa, poderá participar de uma oficina prática, que acontece no dia seguinte, e compreender em tempo real todo o processo de montagem de uma loja virtual até a entrega do produto.

Outros dados do estudo Compre&Confie ajudam a entender como se comporta o consumidor itabunense: o valor do tíquete médio das compras é de R$ 475. Além disso, 52,7% das compras virtuais foram realizadas por homens, enquanto as mulheres foram responsáveis por 47,3%.

Entre os segmentos que mais faturaram estão: Telefonia (21,4%); Entretenimento (12,8%); Beleza, Perfumaria e Saúde (12,2%); Móveis, Construção e Decoração (11,3%); e Informática e Câmeras (11%).

O Ciclo MPE está em sua 16ª edição, tem o patrocínio master dos Correios, do Governo Federal e apoio do Sebrae da Bahia.

Para acessar a programação completa e inscrever-se, acesse o site do Ciclo MPE 2019 (https://ciclo-mpe.net/web/inscricao/index/eventid/190)

SERVIÇO

O que: Ciclo MPE 2019 – Itabuna (BA)

Quando: 22/08 – das 8h às 18h

Número de vagas: 200

Onde: Itabuna Palace Hotel – Av. Cinquentenário, 1061, Centro.

 

Sobre o Ciclo MPE.net – Evento organizado pela camara-e.net e que está em sua 13ª edição. Tem como foco os micro, pequenos e médios empreendedores de internet que pretendem abrir uma loja virtual ou desejam ampliar seus conhecimentos e aperfeiçoar o negócio que está em operação na internet. O Ciclo é um treinamento gratuito, oferecido por um grupo de patrocinadores que apoiam a entidade. Mais informações: www.ciclo-mpe.net

Sobre a camara-e.net – Fundada em 2001, a camara-e.net é a principal entidade brasileira multissetorial da América Latina e de maior representatividade da economia digital no País, formando consenso no setor perante os principais agentes públicos e privados, nacionais e internacionais e promovendo o desenvolvimento dos negócios online no Brasil. Em seu quadro de associados, a camara-e.net conta com os mais importantes players do comércio eletrônico, entre eles empresas de infraestrutura, mídias sociais, chaves públicas, meios de pagamento, seguros e e-banking. Mais informações: www.camara-e.net.

 

Informações à imprensa:

Insight Comunicação (11) 3284-6147

Marina Ciaramello – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

FUNDADA EM 14 DE JUNHO DE 1908
Rua Osvaldo Cruz, nº 56
Edf. União Comercial, 9º andar
45600-040 - Itabuna - BA
Fone:(73) 3613 - 1171
Fax:(73) 3613 - 1190
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Desenvolvido por: 

Assine

Nome:

Invalid Input

Email:(*)

Invalid Input