O evento é gratuito e acontecerá no dia 3 de agosto, na sede da ACI, a partir das 9h 

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI promove o Seminário Jovens Empreendedores, uma iniciativa da entidade, com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), afim de, capacitar e orientar os jovens empresários da cidade para melhor gerirem os seus negócios, e assim, também serem beneficiados através do associativismo itabunense. O seminário será no dia 3 de agosto, das 9h às 17h, no auditório da ACI, no 10º andar do Edifício União Comercial.

O evento é destinado ao público da faixa etária de 18 a 39 anos – que empreendem, é gratuito e pode ser feito pelo link: http://lojavirtual.ba.sebrae.com.br/loja/evento/26113696 . Para Valdemir Silva, consultor do Programa Empreender da ACI, a intenção é fortalecer o empreendedorismo. “O seminário faz parte dos projetos da ACI e este em especial, visa a participação dos jovens de diversas áreas empresariais, para fortalecer, unir e trocar experiências em prol do desenvolvimento”.

O seminário terá a participação do empresário Franklin Bastos e da psicóloga Priscila Nascimento que apresentarão conceitos e práticas sobre liderança, educação financeira, imagem pessoal, networking, negociação, vendas e uso das mídias digitais.

O presidente da ACI, Sérgio Velanes, pontua a importância de ampliar e apoiar iniciativas empresarias que contribuam para o crescimento regional: “esta é a hora de juntarmos esforços e agir pela melhoria da performance do poder produtivo da nossa cidade e região, sempre com foco nos melhores resultados nos negócios, para que juntos, possamos vencer os desafios desse novo tempo”, conclui.

O Edifício União Comercial fica localizado na rua Osvaldo Cruz, nº 56, próximo a Lojas Americanas, no centro de Itabuna. Mais informações no site da acei.org.br ou pelo telefone: (73) 3613-1171.

Texto: Nanci Macedo

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI reelegeu na noite desta segunda-feira, 17, o empresário Luiz Sérgio Neto Velanes para presidir a entidade no período de 2019-2021. O presidente assumiu o compromisso de continuar defendendo os interesses que influenciam no desenvolvimento da cidade, sempre em parceria com o Poder Público Municipal, além de dar continuidade a capacitação da classe empresarial, através do Programa Empreender.

Sérgio reforçou a importância de permanecer lutando em defesa do Associativismo, pois entende que a participação dos empresários é fundamental para a resolução de demandas que influencia no funcionamento do comércio, da indústria e do setor de serviços. “Nesse sentido, torna-se cada vez mais necessário, que os empresários se juntem para defender demandas importantes, tanto para a classe empresarial, como para a sociedade”.

Nos últimos dois anos à frente da entidade, o presidente defendeu a regularização do comércio informal, apoiando a instalação do shopping popular, a segurança no centro da cidade, com a implantação de um sistema de videomonitoramento, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna, o Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna – Sindicom e a Prefeitura Municipal. 

Dentre as reivindicações, a ACI está empenhada na demolição do antigo Shopping Popular, que está com a sua estrutura em ruínas, comprometendo a vida da população que trafega na localidade. Sobre as conquistas que marcaram a classe empresarial, Sérgio destacou a histórica reabertura do aeroporto de Itabuna, Tertuliano Guedes de Pinho para pousos de pequenas aeronaves, UTI área e para os adeptos do aeromodelismo. 

Capacitação

Na busca por soluções para os pequenos negócios, a ACI firmou parcerias com a Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia – Faceb e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae para a realização do Programa Empreender. Já estão em formação os núcleos de mulheres empreendedoras, salão de beleza e panificação, com reuniões quinzenais na sede da ACI.

O projeto busca sensibilizar os empresários para adoção de posturas frente aos desafios atuais e futuros nos segmentos em comum. Ao mesmo tempo, a iniciativa visa elevar a competitividade e, consequentemente, a sobrevivência das micro e pequenas empresas, que é o principal objetivo do Empreender.

“Nos próximos dois anos iremos continuar nessa intenção de capacitação e melhoria do nível das pessoas, entender o comportamento do consumidor. Precisamos estar sempre inovando, buscando conhecimento para entender o consumidor, que é o responsável pela existência das empresas”, afirmou Sérgio.

Composição

O Conselho Diretor é presidido por Sérgio Velanes e acompanhado dos vice-presidentes: Luiz Orleans Mendonça, Ana Paula de Aquino Ganem, José Raimundo Penalva, Silvio Roberto de Sousa Oliveira e Eduardo Oliveira Carqueija Junior. 

A Assembleia Geral é presidida pelo empresário Ronaldo Abude Eustáquio da Silva, tendo como 1º. Secretário, Luiz Roberto Vieira Ribeiro e 2º Secretário, Eduardo Fontes Neto.

 

“Ela pode” impacta mulheres em Itabuna

O Ela pode faz parte da Rede Mulher Empreendedora que é a primeira e maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) e o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), em parceria com o Google, realizaram neste final de semana um programa de capacitação e empoderamento para mulheres em Itabuna. O encontro promoveu o encorajamento das mulheres empreendedoras ou que estavam em busca de crescimento pessoal e profissional, ajudando-as a conquistar independência financeira e de decisão sobre negócios e vidas.

Mulheres de Itabuna e região foram capacitadas no “Ela Pode”, que entre outros, abordou temas como: liderança, comunicação assertiva, negociação financeira, vendas, ferramentas digitais para impulsionar os negócios, networking e ainda a motivação pessoal. “Foi um evento muito produtivo, e uma oportunidade ímpar de ter encontrado pessoas tão incríveis como a Patrícia Sales e a Janice Mendes (facilitadoras), sem dúvidas, sair impactada e com todas as expectativas superadas”, declarou a artesã Tatiane Araújo.

O presidente da ACEI, Sérgio Velanes, destacou a importância da mulher no cenário econômico e ainda salientou as ações promovidas para desenvolver os negócios. “É nítido o crescimento das mulheres no cenário econômico e é muito prazeroso ver essa mudança, e nós da Associação Comercial não poderíamos deixar de prestigiar e promover ações para alavancar ainda mais”, pontuou.

Da mesma forma, o SEBRAE que é parceiro do evento, tem ofertado ações voltadas para o empreendedorismo feminino. “Estamos muito felizes de estar aqui e continuamos comprometidos com o grupo de mulheres da ACI para promover cursos gratuitos ampliando o conhecimento e facilitando o desenvolvimento dos negócios”, declarou o gerente adjunto, Michael Lima.

A ACI promove encontros com um grupo de mulheres para trocar experiências e encontrar soluções para os problemas em comum, através do Programa Empreender, uma consultoria gratuita sobre como melhorar a gestão do negócio, a partir de ações específicas voltadas para cada segmento de mercado. Para as mulheres que desejam participar do Empreender podem entrar em contado através do número (73) 3613-1171 ou presencialmente na sede da ACI, rua Osvaldo Cruz, nº 56, 9º andar do Edifício União Comercial, centro.

Texto: Nancy Macedo

 

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) completa 111 anos de fundação nesta sexta-feira, 14 de junho de 2019, com muitas conquistas para a classe empresarial e a sociedade itabunense. Há dois anos à frente da entidade, tenho trabalhado em prol do crescimento e fortalecimento do setor empresarial.

No âmbito empresarial, a entidade esteve envolvida na luta em defesa do Associativismo, pois entende que a participação dos empresários é fundamental para a resolução de demandas que influencia no funcionamento do comércio, da indústria e do setor de serviços.

Dentre as principais ações, a entidade defendeu a regularização do comércio informal, com o apoio na instalação de um shopping popular, a segurança no centro da cidade, com a implantação de um sistema de videomonitoramento, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna, o Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna – Sindicom e a Prefeitura Municipal.  

Dentre as reivindicações, a ACI está empenhada na demolição do antigo Shopping Popular, tendo em vista os perigos que podem causar a população. Sobre as conquistas que marcaram a classe empresarial, ressalvo a histórica reabertura do aeroporto de Itabuna, Tertuliano Guedes de Pinho para pousos de pequenas aeronaves, UTI área e para os adeptos do aeromodelismo.  

Na busca por soluções para os pequenos negócios, a ACI firmou parcerias com a Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia – Faceb e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae para a realização do Programa Empreender.

O projeto busca sensibilizar os empresários para adoção de posturas frente aos desafios atuais e futuros nos segmentos em comum. Ao mesmo tempo, a iniciativa visa elevar a competitividade e, consequentemente, a sobrevivência das micro e pequenas empresas, que é o principal objetivo do Empreender.

Já estão em formação os núcleos de mulheres empreendedoras, salão de beleza e panificadoras, com reuniões quinzenais na sede da ACI, com o objetivo de encontrar soluções para problemas em comuns. Entre eles, percebemos o desejo de melhorar a gestão dos seus negócios e aumentar a competitividade no mercado que atua.

Nesse sentido, torna-se cada vez mais necessário, que os empresários se juntem para defender demandas importantes, tanto para a classe empresarial, como para a sociedade.

Agradeço a participação de todos na busca pelo desenvolvimento e crescimento da nossa querida Itabuna. Juntos somos mais fortes!

 

 

Sérgio Velanes

Presidente da ACI - Itabuna

Representantes da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna e Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna estarão se reunindo nesta terça-feira, 11, às 17 horas, na sede Sindicom, com representantes das empresas de transporte urbano, com o objetivo de buscar uma solução para o fim da greve de ônibus que acontece desde o dia 3 de junho.

A ação foi discutida em reunião ordinária na sede da ACI, nesta segunda-feira, 10, com a presença de empresários, que relataram as dificuldades com a falta do transporte urbano na cidade e que vem causando prejuízos a toda a cadeia produtiva do comércio. Segundo o presidente da Associação, Sérgio Velanes, “com a continuidade da greve, os funcionários têm dificuldade para chegar ao trabalho e o comércio fica parado”.

Sobre a reunião nesta terça-feira, o presidente da CDL, Carlos Leahy declarou que “a ideia é ouvir dos empresários das empresas de transporte urbano a atual situação financeira, a fim de encontrar uma solução para o encerramento da greve dos rodoviários”.

A capacitação é gratuita e vai acontecer em Itabuna, nos dias 15 e 16 de junho, das 9h às 17 hs, na sede da ACI 

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) firmou uma parceria com Instituto Rede Mulher Empreendedora, para a capacitação gratuita de mulheres que empreendem, através do programa “Ela Pode”, nos próximos dias 15 e 16 de junho, na sede da entidade. O objetivo é orientar mulheres sobre os principais conceitos e práticas de liderança, educação financeira, imagem pessoal, networking, negociação e vendas, uso de ferramentas digitais. 

O Ela Pode pretende capacitar 135 mil mulheres brasileiras nos próximos dois anos, tornando-as confiantes e preparadas para o autodesenvolvimento pessoal e profissional. O programa é desenvolvido pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora e conta com apoio do Google.

As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou presencialmente na Rua Doutor Osvaldo Cruz, n° 56, 9° andar, Edifício União Comercial, próximo a Loja Americanas. Mais informações, pelo telefone: (73) 3613-1171.

Rede Mulher Empreendedora

A Rede Mulher Empreendedora – RME (rme.net.br) é a primeira e maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, que tem como propósito empoderar empreendedoras economicamente, garantindo sua independência financeira e de decisão sobre seus negócios e suas vidas.

 

Serviço

Capacitação Itabuna

Data: 15 e 16 de junho

Horário: 9h às 17h

Local: sede ACI

Endereço: Rua Doutor Osvaldo Cruz, 56, Centro, 10° andar.

Inscrições gratuitas

Um grupo de mulheres empreendedoras que estão participando do Programa Empreender, se reuniram mais um vez nesta quarta-feira, 29, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) para debater sobre os principais problemas que enfrentam em seus empreendimentos, com a perspectiva de encontrar as soluções em conjunto.

A partir de uma metodologia específica, as mulheres fizeram um levantamento das principais dificuldades que atrapalham o desenvolvimento dos seus negócios. São problemas com a gestão financeira dos negócios, acúmulo de atividades, planejamento de metas, comunicação, dificuldades com a localização e o aluguel do espaço.

A busca pela solução dessas necessidades é o próximo passo, segundo o consultor do programa, Valdemir Silva, que vai contar com a participação de instituições parceiras, a exemplo do Sebrae, a partir da promoção de capacitações e orientações para o empresário e os colaboradores. “A ideia é que elas compartilhem as suas realidades e possam, em conjunto, encontrar uma solução para as demandas específicas”, relatou o consultor.

O fortalecimento do núcleo vai atender a necessidade da Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia – Faceb, de formar uma câmara de mulheres empreendedoras à nível estadual. Segundo uma das coordenadoras do programa, Herrietti Cedraz, serão escolhidas lideranças de 10 municípios que estão trabalhando com o empreender. “Essa Câmera vai funcionar como um termômetro, que busca as ideias e contribui com as comissões dos municípios”.

Durante a reunião, a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, destacou a importância da mulher na promoção da sociedade e no desenvolvimento de ações em conjunto para o crescimento dos negócios. Segundo ela, tem sido cada vez maior o número de mulheres empreendedoras que precisam complementar renda da família. “Hoje 50 % dos empreendedores são mulheres, que utilizam do empreendedorismo para complementar a renda”.

Objetivo

O Programa Empreender tem a finalidade de facilitar a relação empresário-fornecedor, melhorar a qualidade da empresa, incentivar o treinamento entre os colaboradores, além de gerar mais empregos e um aumento na renda das micro e pequenas empresas. Ao longo de um ano, o empresário tem acesso a uma consultoria gratuita sobre como melhorar a gestão do seu negócio, a partir de ações específicas voltadas para cada segmento de mercado.

O projeto tem a parceria com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia – Faceb e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, que através de uma metodologia específica, visa discutir as dificuldades das empresas do mesmo segmento e buscar soluções. Além do núcleo de mulheres, está em andamento os núcleos de Salão de Beleza, Padarias e Mercados.

 

Sugestões de Case – Mulheres Empreendedoras

 

Viviane Fernandes – É gestora de um escritório de contabilidade e atualmente é delegada do Conselho Regional de Contabilidade, que abrange 47 municípios do Sul da Bahia.

Entrou no escritório de contabilidade no ano de 2007 como recepcionista, e aos poucos foi aprendendo a função de contador, ajudando nas atividades específicas. Em seguida, se tornou analista e depois, em meados de 2014, comprou o escritório, ampliou o quadro de funcionários e a quantidade de empresas que hoje são atendidas.

 

Jéssica Leite (Designer de acessórios femininos) – Microempreendedora Individual de Itabuna, de 26 anos, que se formou em arquitetura em 2017, mas desde 2014, dedica o seu tempo a Hora Hagá – loja virtual e física de acessórios femininos produzidos de forma manual e exclusiva.

Ela trabalha com a produção e comercializar colares, pulseiras, gargantilhas, presilhas de orquídeas e até adereços para carnaval, que hoje fazem parte das opções de acessórios divulgados e vendidos pela empresa nas redes sociais (Instagran - horahaga e WhatsApp (73) 99131-7304).

 

Em solenidade realizada na tarde da última terça-feira (28) na Prefeitura de Itabuna, o vice prefeito Fernando Vita empossou os novos titulares e suplentes do Conselho Municipal de Turismo (CMT) para o biênio 2019/2021. Após a leitura do Termo de Posse pelo diretor de Comunicação, Paulo Lima, o vice prefeito Fernando Vita disse que “se torna imperativo que Itabuna tenha um trabalho direcionado para o turismo no município, com a participação de pessoas comprometidas com o tema”.

O CMT que tem representantes de diversas instituições públicas e particulares de Itabuna terá como presidente a atriz Eva Lima; a vice Regiane Cruz dos Santos; secretário Michelangelo dos Santos Lima e na tesouraria o empresário Luiz Sergio Neto Velanes. O titular que representa a Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Silvio Roberto Souza de Oliveira, destacou o conselho, que tem importante missão, a exemplo de acompanhar a gestão e fazer funcionar com projetos que contribuam para o desenvolvimento de Itabuna. Lembrou, por exemplo, do Shopping a céu aberto que se tivesse sido colocado em prática na época que foi criado, o turismo de negócio estaria fortalecido.

Para o presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – Ficc, Daniel Leão, o turismo terá melhor dinamismo, porque o CMT é o primeiro passo para a realização de grandes projetos. “O prefeito Fernando Gomes tem foco na diversificação da economia e na geração de emprego e renda”. Ele adiantou que já existe discussão em torno de um plano de turismo para Itabuna.

A nova presidente do CMT, Eva Lima disse que se sente honrada em fazer parte do conselho, que segundo afirma, virá com outra visão e não apenas o de fiscalizador. “Será um conselho provocador, parceiro e com mais competência para promover ações para o desenvolvimento do turismo, seja de negócio, de arte ou rural, porque a representatividade é forte”.

O Conselho Municipal de Turismo conta com representantes das secretarias municipais de Governo, de Educação, de Desenvolvimento Urbano, Ficc, 15º. Batalhão da Polícia Militar, das associações Cultural Amigos do Teatro e a Itabunense de Artesãos, Amurc Sebrae e Associação Comercial e Empresarial de Itabuna.
_________________________
Texto: Rosi Barreto
Fotos: Adeildo Marques

FUNDADA EM 14 DE JUNHO DE 1908
Rua Osvaldo Cruz, nº 56
Edf. União Comercial, 9º andar
45600-040 - Itabuna - BA
Fone:(73) 3613 - 1171
Fax:(73) 3613 - 1190
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Desenvolvido por: 

Assine

Nome:

Invalid Input

Email:(*)

Invalid Input