A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI reelegeu na noite desta segunda-feira, 17, o empresário Luiz Sérgio Neto Velanes para presidir a entidade no período de 2019-2021. O presidente assumiu o compromisso de continuar defendendo os interesses que influenciam no desenvolvimento da cidade, sempre em parceria com o Poder Público Municipal, além de dar continuidade a capacitação da classe empresarial, através do Programa Empreender.

Sérgio reforçou a importância de permanecer lutando em defesa do Associativismo, pois entende que a participação dos empresários é fundamental para a resolução de demandas que influencia no funcionamento do comércio, da indústria e do setor de serviços. “Nesse sentido, torna-se cada vez mais necessário, que os empresários se juntem para defender demandas importantes, tanto para a classe empresarial, como para a sociedade”.

Nos últimos dois anos à frente da entidade, o presidente defendeu a regularização do comércio informal, apoiando a instalação do shopping popular, a segurança no centro da cidade, com a implantação de um sistema de videomonitoramento, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna, o Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna – Sindicom e a Prefeitura Municipal. 

Dentre as reivindicações, a ACI está empenhada na demolição do antigo Shopping Popular, que está com a sua estrutura em ruínas, comprometendo a vida da população que trafega na localidade. Sobre as conquistas que marcaram a classe empresarial, Sérgio destacou a histórica reabertura do aeroporto de Itabuna, Tertuliano Guedes de Pinho para pousos de pequenas aeronaves, UTI área e para os adeptos do aeromodelismo. 

Capacitação

Na busca por soluções para os pequenos negócios, a ACI firmou parcerias com a Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia – Faceb e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae para a realização do Programa Empreender. Já estão em formação os núcleos de mulheres empreendedoras, salão de beleza e panificação, com reuniões quinzenais na sede da ACI.

O projeto busca sensibilizar os empresários para adoção de posturas frente aos desafios atuais e futuros nos segmentos em comum. Ao mesmo tempo, a iniciativa visa elevar a competitividade e, consequentemente, a sobrevivência das micro e pequenas empresas, que é o principal objetivo do Empreender.

“Nos próximos dois anos iremos continuar nessa intenção de capacitação e melhoria do nível das pessoas, entender o comportamento do consumidor. Precisamos estar sempre inovando, buscando conhecimento para entender o consumidor, que é o responsável pela existência das empresas”, afirmou Sérgio.

Composição

O Conselho Diretor é presidido por Sérgio Velanes e acompanhado dos vice-presidentes: Luiz Orleans Mendonça, Ana Paula de Aquino Ganem, José Raimundo Penalva, Silvio Roberto de Sousa Oliveira e Eduardo Oliveira Carqueija Junior. 

A Assembleia Geral é presidida pelo empresário Ronaldo Abude Eustáquio da Silva, tendo como 1º. Secretário, Luiz Roberto Vieira Ribeiro e 2º Secretário, Eduardo Fontes Neto.

 

“Ela pode” impacta mulheres em Itabuna

O Ela pode faz parte da Rede Mulher Empreendedora que é a primeira e maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) e o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), em parceria com o Google, realizaram neste final de semana um programa de capacitação e empoderamento para mulheres em Itabuna. O encontro promoveu o encorajamento das mulheres empreendedoras ou que estavam em busca de crescimento pessoal e profissional, ajudando-as a conquistar independência financeira e de decisão sobre negócios e vidas.

Mulheres de Itabuna e região foram capacitadas no “Ela Pode”, que entre outros, abordou temas como: liderança, comunicação assertiva, negociação financeira, vendas, ferramentas digitais para impulsionar os negócios, networking e ainda a motivação pessoal. “Foi um evento muito produtivo, e uma oportunidade ímpar de ter encontrado pessoas tão incríveis como a Patrícia Sales e a Janice Mendes (facilitadoras), sem dúvidas, sair impactada e com todas as expectativas superadas”, declarou a artesã Tatiane Araújo.

O presidente da ACEI, Sérgio Velanes, destacou a importância da mulher no cenário econômico e ainda salientou as ações promovidas para desenvolver os negócios. “É nítido o crescimento das mulheres no cenário econômico e é muito prazeroso ver essa mudança, e nós da Associação Comercial não poderíamos deixar de prestigiar e promover ações para alavancar ainda mais”, pontuou.

Da mesma forma, o SEBRAE que é parceiro do evento, tem ofertado ações voltadas para o empreendedorismo feminino. “Estamos muito felizes de estar aqui e continuamos comprometidos com o grupo de mulheres da ACI para promover cursos gratuitos ampliando o conhecimento e facilitando o desenvolvimento dos negócios”, declarou o gerente adjunto, Michael Lima.

A ACI promove encontros com um grupo de mulheres para trocar experiências e encontrar soluções para os problemas em comum, através do Programa Empreender, uma consultoria gratuita sobre como melhorar a gestão do negócio, a partir de ações específicas voltadas para cada segmento de mercado. Para as mulheres que desejam participar do Empreender podem entrar em contado através do número (73) 3613-1171 ou presencialmente na sede da ACI, rua Osvaldo Cruz, nº 56, 9º andar do Edifício União Comercial, centro.

Texto: Nancy Macedo

 

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) completa 111 anos de fundação nesta sexta-feira, 14 de junho de 2019, com muitas conquistas para a classe empresarial e a sociedade itabunense. Há dois anos à frente da entidade, tenho trabalhado em prol do crescimento e fortalecimento do setor empresarial.

No âmbito empresarial, a entidade esteve envolvida na luta em defesa do Associativismo, pois entende que a participação dos empresários é fundamental para a resolução de demandas que influencia no funcionamento do comércio, da indústria e do setor de serviços.

Dentre as principais ações, a entidade defendeu a regularização do comércio informal, com o apoio na instalação de um shopping popular, a segurança no centro da cidade, com a implantação de um sistema de videomonitoramento, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna, o Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna – Sindicom e a Prefeitura Municipal.  

Dentre as reivindicações, a ACI está empenhada na demolição do antigo Shopping Popular, tendo em vista os perigos que podem causar a população. Sobre as conquistas que marcaram a classe empresarial, ressalvo a histórica reabertura do aeroporto de Itabuna, Tertuliano Guedes de Pinho para pousos de pequenas aeronaves, UTI área e para os adeptos do aeromodelismo.  

Na busca por soluções para os pequenos negócios, a ACI firmou parcerias com a Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia – Faceb e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae para a realização do Programa Empreender.

O projeto busca sensibilizar os empresários para adoção de posturas frente aos desafios atuais e futuros nos segmentos em comum. Ao mesmo tempo, a iniciativa visa elevar a competitividade e, consequentemente, a sobrevivência das micro e pequenas empresas, que é o principal objetivo do Empreender.

Já estão em formação os núcleos de mulheres empreendedoras, salão de beleza e panificadoras, com reuniões quinzenais na sede da ACI, com o objetivo de encontrar soluções para problemas em comuns. Entre eles, percebemos o desejo de melhorar a gestão dos seus negócios e aumentar a competitividade no mercado que atua.

Nesse sentido, torna-se cada vez mais necessário, que os empresários se juntem para defender demandas importantes, tanto para a classe empresarial, como para a sociedade.

Agradeço a participação de todos na busca pelo desenvolvimento e crescimento da nossa querida Itabuna. Juntos somos mais fortes!

 

 

Sérgio Velanes

Presidente da ACI - Itabuna

Representantes da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna e Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna estarão se reunindo nesta terça-feira, 11, às 17 horas, na sede Sindicom, com representantes das empresas de transporte urbano, com o objetivo de buscar uma solução para o fim da greve de ônibus que acontece desde o dia 3 de junho.

A ação foi discutida em reunião ordinária na sede da ACI, nesta segunda-feira, 10, com a presença de empresários, que relataram as dificuldades com a falta do transporte urbano na cidade e que vem causando prejuízos a toda a cadeia produtiva do comércio. Segundo o presidente da Associação, Sérgio Velanes, “com a continuidade da greve, os funcionários têm dificuldade para chegar ao trabalho e o comércio fica parado”.

Sobre a reunião nesta terça-feira, o presidente da CDL, Carlos Leahy declarou que “a ideia é ouvir dos empresários das empresas de transporte urbano a atual situação financeira, a fim de encontrar uma solução para o encerramento da greve dos rodoviários”.

A capacitação é gratuita e vai acontecer em Itabuna, nos dias 15 e 16 de junho, das 9h às 17 hs, na sede da ACI 

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) firmou uma parceria com Instituto Rede Mulher Empreendedora, para a capacitação gratuita de mulheres que empreendem, através do programa “Ela Pode”, nos próximos dias 15 e 16 de junho, na sede da entidade. O objetivo é orientar mulheres sobre os principais conceitos e práticas de liderança, educação financeira, imagem pessoal, networking, negociação e vendas, uso de ferramentas digitais. 

O Ela Pode pretende capacitar 135 mil mulheres brasileiras nos próximos dois anos, tornando-as confiantes e preparadas para o autodesenvolvimento pessoal e profissional. O programa é desenvolvido pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora e conta com apoio do Google.

As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou presencialmente na Rua Doutor Osvaldo Cruz, n° 56, 9° andar, Edifício União Comercial, próximo a Loja Americanas. Mais informações, pelo telefone: (73) 3613-1171.

Rede Mulher Empreendedora

A Rede Mulher Empreendedora – RME (rme.net.br) é a primeira e maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, que tem como propósito empoderar empreendedoras economicamente, garantindo sua independência financeira e de decisão sobre seus negócios e suas vidas.

 

Serviço

Capacitação Itabuna

Data: 15 e 16 de junho

Horário: 9h às 17h

Local: sede ACI

Endereço: Rua Doutor Osvaldo Cruz, 56, Centro, 10° andar.

Inscrições gratuitas

Um grupo de mulheres empreendedoras que estão participando do Programa Empreender, se reuniram mais um vez nesta quarta-feira, 29, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) para debater sobre os principais problemas que enfrentam em seus empreendimentos, com a perspectiva de encontrar as soluções em conjunto.

A partir de uma metodologia específica, as mulheres fizeram um levantamento das principais dificuldades que atrapalham o desenvolvimento dos seus negócios. São problemas com a gestão financeira dos negócios, acúmulo de atividades, planejamento de metas, comunicação, dificuldades com a localização e o aluguel do espaço.

A busca pela solução dessas necessidades é o próximo passo, segundo o consultor do programa, Valdemir Silva, que vai contar com a participação de instituições parceiras, a exemplo do Sebrae, a partir da promoção de capacitações e orientações para o empresário e os colaboradores. “A ideia é que elas compartilhem as suas realidades e possam, em conjunto, encontrar uma solução para as demandas específicas”, relatou o consultor.

O fortalecimento do núcleo vai atender a necessidade da Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia – Faceb, de formar uma câmara de mulheres empreendedoras à nível estadual. Segundo uma das coordenadoras do programa, Herrietti Cedraz, serão escolhidas lideranças de 10 municípios que estão trabalhando com o empreender. “Essa Câmera vai funcionar como um termômetro, que busca as ideias e contribui com as comissões dos municípios”.

Durante a reunião, a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, destacou a importância da mulher na promoção da sociedade e no desenvolvimento de ações em conjunto para o crescimento dos negócios. Segundo ela, tem sido cada vez maior o número de mulheres empreendedoras que precisam complementar renda da família. “Hoje 50 % dos empreendedores são mulheres, que utilizam do empreendedorismo para complementar a renda”.

Objetivo

O Programa Empreender tem a finalidade de facilitar a relação empresário-fornecedor, melhorar a qualidade da empresa, incentivar o treinamento entre os colaboradores, além de gerar mais empregos e um aumento na renda das micro e pequenas empresas. Ao longo de um ano, o empresário tem acesso a uma consultoria gratuita sobre como melhorar a gestão do seu negócio, a partir de ações específicas voltadas para cada segmento de mercado.

O projeto tem a parceria com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia – Faceb e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, que através de uma metodologia específica, visa discutir as dificuldades das empresas do mesmo segmento e buscar soluções. Além do núcleo de mulheres, está em andamento os núcleos de Salão de Beleza, Padarias e Mercados.

 

Sugestões de Case – Mulheres Empreendedoras

 

Viviane Fernandes – É gestora de um escritório de contabilidade e atualmente é delegada do Conselho Regional de Contabilidade, que abrange 47 municípios do Sul da Bahia.

Entrou no escritório de contabilidade no ano de 2007 como recepcionista, e aos poucos foi aprendendo a função de contador, ajudando nas atividades específicas. Em seguida, se tornou analista e depois, em meados de 2014, comprou o escritório, ampliou o quadro de funcionários e a quantidade de empresas que hoje são atendidas.

 

Jéssica Leite (Designer de acessórios femininos) – Microempreendedora Individual de Itabuna, de 26 anos, que se formou em arquitetura em 2017, mas desde 2014, dedica o seu tempo a Hora Hagá – loja virtual e física de acessórios femininos produzidos de forma manual e exclusiva.

Ela trabalha com a produção e comercializar colares, pulseiras, gargantilhas, presilhas de orquídeas e até adereços para carnaval, que hoje fazem parte das opções de acessórios divulgados e vendidos pela empresa nas redes sociais (Instagran - horahaga e WhatsApp (73) 99131-7304).

 

Em solenidade realizada na tarde da última terça-feira (28) na Prefeitura de Itabuna, o vice prefeito Fernando Vita empossou os novos titulares e suplentes do Conselho Municipal de Turismo (CMT) para o biênio 2019/2021. Após a leitura do Termo de Posse pelo diretor de Comunicação, Paulo Lima, o vice prefeito Fernando Vita disse que “se torna imperativo que Itabuna tenha um trabalho direcionado para o turismo no município, com a participação de pessoas comprometidas com o tema”.

O CMT que tem representantes de diversas instituições públicas e particulares de Itabuna terá como presidente a atriz Eva Lima; a vice Regiane Cruz dos Santos; secretário Michelangelo dos Santos Lima e na tesouraria o empresário Luiz Sergio Neto Velanes. O titular que representa a Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Silvio Roberto Souza de Oliveira, destacou o conselho, que tem importante missão, a exemplo de acompanhar a gestão e fazer funcionar com projetos que contribuam para o desenvolvimento de Itabuna. Lembrou, por exemplo, do Shopping a céu aberto que se tivesse sido colocado em prática na época que foi criado, o turismo de negócio estaria fortalecido.

Para o presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – Ficc, Daniel Leão, o turismo terá melhor dinamismo, porque o CMT é o primeiro passo para a realização de grandes projetos. “O prefeito Fernando Gomes tem foco na diversificação da economia e na geração de emprego e renda”. Ele adiantou que já existe discussão em torno de um plano de turismo para Itabuna.

A nova presidente do CMT, Eva Lima disse que se sente honrada em fazer parte do conselho, que segundo afirma, virá com outra visão e não apenas o de fiscalizador. “Será um conselho provocador, parceiro e com mais competência para promover ações para o desenvolvimento do turismo, seja de negócio, de arte ou rural, porque a representatividade é forte”.

O Conselho Municipal de Turismo conta com representantes das secretarias municipais de Governo, de Educação, de Desenvolvimento Urbano, Ficc, 15º. Batalhão da Polícia Militar, das associações Cultural Amigos do Teatro e a Itabunense de Artesãos, Amurc Sebrae e Associação Comercial e Empresarial de Itabuna.
_________________________
Texto: Rosi Barreto
Fotos: Adeildo Marques

O quarto encontro dos empresários do segmento de panificação foi marcado por dois principais fatores: a necessidade de realizar compras em conjunto a exemplo de embalagens plásticas que é de uso comum e quando comprado em grande escala há uma diminuição considerável no preço. Outro fator discutido em reunião foi a possibilidade de criação de uma feira de panificação no município, com o principal intuito de desenvolver o comércio de Itabuna, estimular essa cultura na população, atrair fornecedores, clientes e além de divulgar suas respectivas marcas no mercado.


Ficou decidido que na próxima reunião irão se inscrever no curso de qualificação para profissionais que já atuam no segmento de panificação oferecido pelo SENAI com participação do Empreender Itabuna, este curso terá uma duração de 15 dias e os participantes terão a oportunidade de aprender praticando e ao final receberão certificados.

FUNDADA EM 14 DE JUNHO DE 1908
Rua Osvaldo Cruz, nº 56
Edf. União Comercial, 9º andar
45600-040 - Itabuna - BA
Fone:(73) 3613 - 1171
Fax:(73) 3613 - 1190
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Desenvolvido por: 

Assine

Nome:

Invalid Input

Email:(*)

Invalid Input